segunda-feira, 16 de abril de 2007

A vida me trouxe até aqui...


Uma coisa que aprendi desde que diagnosticaram minha segunda reincidiva é que nunca diga que sabe o suficiente sobre alguma coisa... Depois de 2 tratamentos de quimio e 4 cirurgias, imaginava que já tinha passado por tudo de ruim que poderia passar...

Estava enganado... dessa vez passei por sessões de quimioterapia que duravam uma interminável semana (o ciclos a que me submeti eram aplicados durante a 6 dias... e eu precisava ficar internado para realizar os procedimentos...), enfrentei uma infecção generalisada que quase me matou devido a debilidade em que ficou minha imunidade após um desses ciclos de quimioterapia (peguei um infecção devido a uma bactéria de pele...!), e ainda uma batalha judicial pelo direito a cobertura do plano de saúde (sim... eles queriam cancelar meu plano de saúde... e detalhe : em internação por conta da infecção...).

Mas nada se compara a angustia e incertezas para conseguir um vaga para realizar o tranplante... Foram 4 meses de muita persistência...

É incrível como a saúde no Brasil tem seu preço... Se você não tiver um bom plano de saúde, vai sofrer um bocado com a rede disponibilizada pelo SUS... Apesar de muitos hospitais particulares patrocinarem suas reformas e aquisição de equipamentos com dinheiro do SUS, as alas destinadas a pacientes publicos nesses hospitais são limitadissimas e é claro... bem diferentes das particulares...

A política de saúde do governo é clara : O estado é responsável por todos os tratamentos de transplante realizados no país... Isso acontece por que todo transplante é extremamente dispendioso (um tranplante de medula não custa menos de 100 mil !)... Mas não é bem assim que vem acontecendo...


A grande Decepção...

Tentamos incansavelmente uma vaga no Hospital do Cancer de São Paulo (A.C Camargo) e fomos simplesmente descartados por não possuirmos um plano de saúde que eles aceitassem... Apesar de ser uma instituição sem fins lucrativos e financiado pelo SUS, o hospital simplesmente não vem aceitando pacientes publicos... Aceitam um ou outro, talvez para fazer números...
No meu caso fomos aceitos pelo corpo clinico... Mas ao chegar ao corpo administrativo fui dercartado sem ao menos alguma orientação...
Foi incrível... A assistente social de lá... (não me lembro mais o nome), a principio nos atendeu extremamente bem, pediu dados sobre o caso e levou ao corpo clinico... Fui avisado que meu caso foi aprovado... Mas a partir do momento que ela soube que o meu tratamento seria pelo SUS (Meu plano tem abrangencia apenas no nordeste... e acionar a justiça para que o obrigassem a pagar seria algo demorado... e eu simplesmente não podia esperar...!), ela mudou totalmente sua conversa... até a forma como falava com nós mudou... deixou de nos atender e até de nos receber... (uma tia médica foi a São Paulo falar pessoalmente e simplesmente não foi recebida...!).
Não guardo ranco no meu coração... mas o mundo dá voltas...
O martírio...
A solução de minhas médicas foi de continuar os ciclos de quimioterapia enquanto se tentava conseguir vaga em algum lugar... O que era para ser apenas 1 ciclo viraram 4... mas nada disso se compara a falta de perspectiva sobre o tratamento...
Começamos a descobrir outros Centros... Curitiba, Jaú e Hospital das Clínicas... Mas é incrível como parecem inecessíveis para quem vem de fora...
O que descobri depois é que todos esses hospitais estão se negando a receber pacientes de outros estados... principalmente nordestinos...
E o pior... Descobri uma forma de ser aceito pelo A.C Camargo : Marcar uma consulta particular (isso mesmo, particular) e pagar um valor em torno de 5 mil para ser encaminhado por um dos médicos do corpo clínico... aí sim... eu seria aceito como paciente SUS...!!! um absurdo não...? 5 pessoas me disseram a mesma coisa... e já estavamos tentando marcar tal consulta quando recebemos a notícia de que o INCA me aceitaria...
O Alívio...
Bem... Estava em casa, no dia 05 de Dezembro quando ligou alguem com um fortíssimo sotaque carioca... Era do INCA perguntando como entravam em contato com minha médica... Depois ela me ligou falando que eles iriam me aceitar... mas primeiro eu deveria fazer a retirada do tumor (eu fiz quimio primeiro, para que o tumor regridisse... o que não aconteceu...) e realizar um histopatoligico para ver se ainda havia sinais da doença... 15 dias depois foi me operei... a cirurgia foi muito bem sucessidada... estavamos com grande receio de que houvesse alguma sequela por conta da localização da tumoração (veio femural, nervo obturador, uretra e vesícula seminal). Houveram algumas coisas absurdas e decepções mas com os médicos que realizaram a cirugia... queriam receber dinheiro por fora, além do que o plano iria paga-los (o anestesista, na cara de pau, me colocou numa sala para os preparativos e chamou meu pai na outra e exigiu uma quantia a mais para que realizasse o seu trabalho... na base da extorsão mesmo)... Bem não vou falar mais de decepções... se não vou ter que escrever um blog sobre isso... :)
O resultado do histoptologico saiu 10 dias depois e confirmou que apesar de 99% do material ser de necrose ainda haviam células viáveis para a doença... foi aí que dia 10 de Janeiro chagamos ao INCA...
Conselhos...
Se você está numa situação parecida dessa que eu me encontrei só dou um conselho: persista... agora insista com tudo que você pode... procure secretaria de saude, entre na justiça, procure medicos que conheçam pessoa nesses centros e de ultimo caso, procure uma dessas consultas com médicos que encaminham para esses hospitais...

2 comentários:

Valtere Filho disse...

É isso aí Marquinho! Muita força nessa hora, você já mostrou que tem garra e com certeza vai dá tudo certo! Um forte abraço!

Bruna disse...

Marco, vc não me conhece, mas li seu comentário e acho que isso é caso seríssimo, vc deveria denunciar aos jornais de São Paulo. Que absurdo...Enfim, boa sorte no seu tratamento, de coração.